Technology brings us closer and guarantees life. Know how to use. You need to learn.

Valéria Barbosa
Posted March 27, 2020 from Brazil
Graciele Perez looking for her family. 2020
Graciele Perez looking for her family. 2020: Graciele Perez looking for her family, her daughter, three nephews and a brother. (1/3)

Technology gives us flexibility.  Can a story made in 2016 be translated and posted in 2020 and be modified due to curiosity using communication equipment and the internet?  How

I did a story yesterday about dear Mexican companion Graciela Peres. She created an Organization in Mexico for the implantation of a piece of DNA to research the bodies found of missing persons in Mexico. For this article I used a pocket recorder in 2016, just yesterday 26/003/2020, it was done due to the difficulty of finding someone to do the translation from Spanish to Portuguese. I interviewed her and I understand everything she said to me, but out of respect for her speech, I didn't want to write the text without the necessary technique. I asked for help via Whatsapp to my friend Adriana Kaíros, who lives in the favela da Maré and immediately did it.

While she was translating I searched my card for that day and found it getting the IDD of Mexico over the internet, adding Graciela's phone number and getting in touch with her and everything with a phone, via Whatsapp.

The material used on the card has already changed and even so this resource helped me to find it by having written the pen number of Graciela Perez.

He remembered me and we were happy that after these long three years and six months we met again, but Graciela Perez's pain at the loss of not finding answers about the bodies of her family cries in her actions and cries in her feelings.

We were able to talk and update Graziela's actions. Wishing she could reach her goal.

 

Valéria Barbosa -: Hugs sister. I have never forgotten it, I always ask the Virgin of Guadalupe to give her strength. Hugs.

Did you manage to make your family's DNA?

GRACIELA PEREZ: I'm still looking for them.

GRACIELA PEREZ: Thousands are missing

GRACIELA PEREZ: I followed that forced march, but I couldn't continue and I was alone in the field search.

Valéria Barbosa: And the Forensic Science Organization, are you still part of it?

GRACIELA PEREZ: Forensic science did not belong to anyone, we formed several groups of families to collect DNA samples from families with missing people, but that gave guidelines for us to install ourselves in the search engines ... since DNA remains a means identification. Now, at the national level, we are promoting the creation of an Extraordinary Forensic Identification Mechanism that we are creating only with the government, although it is very slow

I named my group after my daughter Milynali Red.

GRACIELA PEREZ: This has just been achieved by several groups of families, we struggled to find them.

GRACIELA PEREZ: We just created our own protocol for finding citizens on extermination sites

GRACIELA PEREZ: I was greatly helped by an award I received for the human rights of Tulipan in the Netherlands. Although he only helped me for a year, he laid the groundwork and now we must continue

Valéria Barbosa: Tomorrow I will put these stories that you sent me in the story. If you remember more facts and want me to put you here, let me do it. The video will need to be published on YouTube before you can publish it on the WordPulse platform.

 Good evening. I'm going to sleep. I woke up very early to face the queue and get a flu shot. I'm quarantined at home. Today leaves after 12 days. Very sad for the world situation due to the Corona virus. Here, the President wants everything to return to normal due to the country's economy. If this happens due to great political pressure, I don't know how to be?

GRACIELA PEREZ Just like we are isolated. But the president still downplays him.

GRAZIELA PERES: Rest. hug

Valéria Barbosa: Yes, I'm going to rest, I already posted the video on YouTube. Happy to see you again and talk to you around here. Hugs dear. Health. Take care.

GRACIELA PEREZ: Blessings!

Valéria Barbosa Blessings for us and for the world.

This way we saw that just click to find a friend on the other side and bring him very close to the heart. In this moment of so much pain in the world, where a virus puts in check the attitude of managers in thinking about emergency life vs. life x economy, Graciela Perez with her tireless action shows us that: Life is worth a lot and even when it is taken from the family your search is eternal.

Gratitude to Gracila for the generosity to share her story and to the Google Translate that gives me the opportunity to tell you how much I love them.

Take care if your life is worth a lot to yours.

 

Defendendo a vida!

A tecnologia nos dá flexibilidade. Uma matéria feita em 2016 poderá ser  traduzida e postada em 2020 e ser modificada por conta da  curiosidade utilizando  equipamentos de comunicação  e a internet? Como?

Fiz uma matéria ontem sobre a querida companheira Mexicana Graciela Perez. Ela criou uma Organização no México para a implantação de um banco de DNA para que se pesquise sobre os corpos encontrados de pessoas desaparecidas no México.

Pra esta matéria utilizei um gravador de bolso em 2016. Somente ontem,  26/003/2020, foi realizada por conta da dificuldade de encontrar alguém que fizesse a tradução do espanhol para o português.

Eu a entrevistei e entendi tudo o que ela me disse mas,  por respeito a fala não quis escrever o texto sem a técnica necessária.

Pedi ajuda pelo Whatsapp para a amiga Adriana Kairos  moradora da favela da Maré que imediatamente o fez.

Enquanto ela traduzia eu buscava nos meus guardados um cartão daquele dia e o encontrei conseguindo pela internet o DDI do México, adicionando o telefone da Graciela e entrando em contato com a mesma e tudo com um telefone, pelo Whatsapp.

O material de divulgação  que ela utilizava, o cartão já mudou e mesmo assim este recurso me ajudou a encontrá-la  por ter escrito a caneta o número de telefone de Graciela Perez.

Lembrou de mim e ficamos felizes de depois destes longo três anos e seis meses nos reencontrarmos mas, a dor da Graciela Perez da perda,  de não encontrar respostas sobre os corpos de seus familiares,  grita em suas ações e chora em seus sentimentos.

Pudemos conversar e atualizar as ações da Graziela. Desejando que ela alcance o seu objetivo.

Valéria Barbosa -: Abraços irmã. Nunca a esqueci, peço sempre à Virgem de Guadalupe que lhe dê forças. Abraços.

Você conseguiu fazer o DNA da sua família?

GRACIELA PEREZ: Eu ainda estou procurando por eles.

GRACIELA PEREZ: Milhares estão desaparecidos

GRACIELA PEREZ: Eu segui aquela marcha forçada mas, não pude continuar e fiquei sozinha na busca de campo.

Valéria Barbosa: E a Organização Ciência Forense, você ainda faz parte?

GRACIELA PEREZ: A ciência forense não pertencia a ninguém, formamos vários grupos de famílias para coletar amostras de DNA de famílias com pessoas desaparecidas, mas isso deu diretrizes para que nos instalássemos nos mecanismos de busca ... já que o DNA continua sendo um meio de identificação. Agora, em nível nacional, promovemos a criação de um Mecanismo Extraordinário de Identificação Forense que estamos criando apenas com o governo, embora seja muito lento

Dei ao meu grupo o nome da minha filha

GRACIELA PEREZ: Milynali Red

GRACIELA PEREZ: Isso acabou de ser alcançado por vários grupos de famílias, lutamos para encontrá-los.

GRACIELA PEREZ: Acabamos de criar nosso próprio protocolo de busca de cidadãos em sítios  de extermínio

GRACIELA PEREZ: Fui muito ajudada por um prêmio que recebi pelos direitos humanos da Tulipan da Holanda. Embora ele só tenha me ajudado por um ano, lançou as bases e agora devemos continuar

Valéria Barbosa: Amanhã vou colocar essas histórias que você me enviou na história original. Se você se lembra de mais fatos e quiser  que eu os coloque, assim farei. O vídeo precisará ser publicado no YouTube para que eu possa publicá-lo na plataforma WordPulse.

Boa noite. Vou dormir. Acordei muito cedo para enfrentar a fila e tomar uma vacina contra a gripe. Estou em quarentena em casa. Hoje sai após 12 dias. Muito triste pela situação mundial devido ao vírus Corona. Aqui, o Presidente quer que tudo volte ao normal por conta da economia do país. Se isso acontece devido a grande pressão política, não sei como será?

GRACIELA PEREZ Igual aqui estamos isolados. Mas o presidente ainda o minimiza.

GRAZIELA PERES: Descanse. Abraço

Valéria Barbosa: Sim, vou descansar, já postei o vídeo no YouTube. Feliz em vê-la novamente e falar com você por aqui.  Abraços querida.

Saúde. Tome cuidado.

GRACIELA PEREZ: Bênçãos!

Valéria Barbosa Bênçãos para nós e para o mundo.

Desta forma vimos que basta clickar para reencontrar um amigo do outro lado e trazê-lo pra bem perto do coração. Neste momento de tanta dor no mundo, onde um vírus põem em Cheque a postura de gestores em pensar vida emergencial X vida x economia, Graciela Perez com a sua incansável ação nos mostra que: A vida vale muito e mesmo quando é arrancada da família a sua busca é eterna.

Gratidão a Gracila pela generosidade em compartilhar a sua história e ao Google Tradutor que me dá a oportunidade de dizer pra vocês o quanto a amo.

Cuidem se a sua vida vale muito pra os seus.

This story was submitted in response to #SheTransformsTech.

Comments 7

Log in or register to post comments
Elizabeth Ziro
Mar 27
Mar 27

Hi Valeria, i enjoyed reading, thanks for sharing. With technology you never go wrong. Keep safe

Valéria Barbosa
Mar 27
Mar 27

Hi dear friend. Thank you for your attention.

Anita Shrestha
Mar 29
Mar 29

Great work

Anita Kiddu Muhanguzi

Hi Valeria,
Thanks for sharing. Stay blessed.

Adanna
Apr 22
Apr 22

Thank you for sharing dear Valeria.

Stay safe :-)

Love,
Adanna

Chi8629
Apr 23
Apr 23

Thank you for sharing.

bhavneetk73
Jun 17
Jun 17

Hi Valeria Thanks for ur article. Enjoyed reading it